Seu negócio online tem 97% de chance de falhar… Porquê?

por | Última atualização em 28/03/2022 | Sem categoria

4.9/5 - (20 votos)
negócio online

Ter sucesso com um negócio online é um desejo muito comum para a maioria dos empresários.

A atração do negócio online é clara. Um negócio físico está limitado a horas do dia, bem como a condições geográficas que limitam a quantidade de consumidores que uma empresa pode atender.

Este não é o caso de um negócio online. Um site não está limitado a horas em um dia ou a uma distância de carro da loja.

Você pode pensar nos negócios digitais como os anos da Corrida do Ouro no velho oeste americano, onde todos que podiam sair e reivindicar uma vaga, o fizeram.

A diferença seria que os garimpeiros tinham uma melhor compreensão das ferramentas de que precisavam e das técnicas a serem usadas para descobrir seu prêmio.

Para a maioria desses empreendedores não falta a vontade de ter sucesso, faltam as ferramentas e o conhecimento para tornar esse sucesso uma realidade.

Qualquer pessoa pode se tornar um especialista em uma área ou, talvez, em várias áreas, mas a carga colocada no empresário de hoje é simplesmente esmagadora e não se limita ao tamanho do negócio.

Durante a Corrida do Ouro as ferramentas e técnicas eram muito mais simples, qualquer um poderia entender o que tinha que ser feito para garimpar ouro. Isso é mais difícil para os empresários de hoje.

Na era atual da tecnologia e da informação, os empresários ainda lutam para compreender a “maneira certa” de fazer negócios online.

A verdadeira questão aqui não é como encontrar as ferramentas e técnicas certas, é entender que o sucesso online não depende apenas de ferramentas. Não existe modelo de negócio online que traga sucesso sem trabalhar em conjunto com diversas outras ferramentas e técnicas.

Eu atendo empresários diariamente que explicam suas jornadas e histórias e elas trazem muitas semelhanças entre si.

Escrevi esse artigo curto para te ajudar a esclarecer alguns equívocos e erros comuns ao iniciar e administrar um negócio online.

Primeiro vamos olhar para os números. Diariamente, 250.000 novos sites são lançados mundialmente, incríveis 175 por minuto! 97% desses sites irão falhar. 

Por quê?

Para uma grande porcentagem dos casos, os proprietários não estavam preparados para o investimento de tempo e dinheiro necessários para criar um negócio online sólido e funcional.

O sonho de poder desfrutar do sucesso sem gastar tempo ou dinheiro com as ferramentas adequadas é o que chamo “mentalidade da pílula de dieta”.

A ideia de que basta você pode lançar um site para que as pessoas naturalmente abram suas carteiras e comprem do seu negócio online é simplesmente absurda.

Isso não quer dizer que não existam milhares, de empresas que existem para ajudá-lo a desembolsar seu dinheiro em busca desse sonho.

Eu quero falar sobre a “Garantia de sucesso”.

Garantia de Sucesso do seu negócio online

Após anos de conversas com clientes, observei um padrão que precisa ser esclarecido antes de continuarmos. Essa é a “garantia” do sucesso.

Parece que muitas pessoas querem garantir o bilhete premiado antes mesmo de iniciarem seu negócio online.

Tenho certeza de que existe uma lógica em suas mentes quando me mostram uma ideia infalível e me pedem para colocá-la em prática.

Sua ideia de negócio é infalível?

Seu serviço é infalível? 

Sua oferta é imbatível?

No mundo dos negócios não existe garantia e no Marketing Digital muito menos!

Seria ótimo se houvesse. Você poderia imaginar como a vida seria maravilhosa se você pudesse pagar uma taxa e acordar no dia seguinte com um fluxo interminável de lucros!

Eu seria o primeiro da fila para pagar essa taxa em um piscar de olhos.

O que a maioria das pessoas não entende é que, ter um negócio online não é garantia de sucesso.

E porque diabos seria diferente?

Pergunte a qualquer uma das centenas de empresas multimilionárias que faliram e fecharam suas portas na última década.

Esses negócios não foram mal formados ou executados, mas ainda assim, eles falharam. Posso garantir que essas megaempresas falidas não estavam preocupadas em gastar alguns milhares de dólares em um site.

Antes de explicar por que apenas 3% das empresas on-line são bem-sucedidas, quero ter certeza de que não estou desperdiçando seu tempo.

Se você quer ter um negócio digital, mas não está disposto ou não pode dizer sim aos seguintes pontos, gostaria de encorajá-lo a interromper seus esforços até que possa dizer sim à lista a seguir.

  • Você tem um plano escrito sobre como você vai administrar seu negócio online?
  • Você tem o patrimônio no banco ou disponível para cobrir os custos de equipamentos, pessoal, produto, licenças recorrentes, marketing, publicidade, SEO e criação de site?
  • Você tem as horas disponíveis no dia para se dedicar ao seu negócio?
  • Você sabe quem são seus clientes, onde estão e o que os faz comprar seus produtos?

Se você pode dizer sim a essas perguntas, então você está muito acima da curva e tudo o que você precisa é de uma ajudinha com sua estratégia, então vamos continuar.

Novamente, como estrategista digital há mais de 20 anos, eu olho primeiro para a base do seu negócio, mas para criar a base certa, você primeiro precisa saber onde colocar suas fundações.

Os principais motivos de falha são:

 

  • Falta de planejamento
  • Uso indevido de fundos
  • Baixa segmentação
  • Pouco tráfego
  • Oferta fraca
  • Execução ruim

Falta de planejamento

Antes de iniciar seu negócio digital, você deve descobrir se as pessoas realmente querem o produto ou serviço. Em caso positivo, qual é o tamanho da demanda, que preço você precisará praticar para ser lucrativo e com quem você está competindo? Você consegue ter margem que te permita ser competitivo e ter lucro?

Tanto no seu negócio digital quanto nos negócios físicos, você deve olhar para o ROI e não para as receitas brutas.

Se você já possui um negócio físico, abrir um negócio online pode ser encarado como uma nova filial. A maioria dos empresários tem a noção equivocada de que basta criar um site e pronto.

Um negócio online tem custos operacionais que incluem:

meios de pagamento, frete, marketing, ferramentas e principalmente mão de obra de suporte, atendimento, processamento de pedidos, etc.

Uso indevido de fundos

O que quero dizer com isso é usar fundos em áreas que não lhe trarão mais vendas.

Muitos empresários gastam fundos que deveriam ser usados ​​para gerar negócios em ações ou tecnologias que não vão trazer nenhum lucro.

Um exemplo muito comum: muitos clientes nos procuram para desenvolver algum sistema integrado complexo (e caro) antes mesmo de validar a ideia do negócio online.

Geralmente, um site simples e um sistema já disponível no mercado atenderia a empresa inicialmente, seria entregue em poucos dias e custaria  uma fração do investimento.

Haverá tempo para investir em coisas divertidas depois que você gerar renda. No início, todos os fundos devem ser usados ​​para impulsionar as vendas do seu negócio online.

Baixa segmentação

Quase 100% dos empreendedores esquecem completamente que estarão competindo em um ambiente que torna extremamente fácil para seus clientes em potencial comprarem seus concorrentes.

Você não vai ter lucro vendendo “commodities” online.

Você tem que se destacar dos concorrentes. Pergunte a si mesmo:

“Por que eles deveriam comprar de mim?”

Quando você tenta falar para todos, acaba não sendo ouvido por ninguém!

Trabalhe com o que você conhece. Quando digo “conhecer”, quero dizer que você entende o produto ou serviço, entende os concorrentes, como as pessoas estão pesquisando e o que os motiva a comprar em primeiro lugar.

Pouco tráfego

Esse é um dos piores erros que você pode cometer ao iniciar seu negócio online. Não adianta que você ofereça o melhor serviço, a melhor oferta e tenha as ferramentas mais modernas.

Se ninguém vê suas ofertas, você não vai vender! Simples assim.

Quando você abre uma loja em um shopping center, você paga uma fortuna pela localização. Aquele aluguel altíssimo te garante um fluxo de clientes em potencial em frente da sua loja.

Na internet é a mesma coisa… se você não quiser pagar um aluguel alto para colocar pessoas interessadas na frente da sua oferta, você não vai ter sucesso!

Um dos maiores mitos é acreditar que ter um perfil em rede social ou ter uma página amigável para SEO são suficientes para garantir tráfego.

A entrega orgânica está cada vez mais concorrida. Se posicionar bem no Google ou ter um perfil com seguidores suficientes para garantir tráfego satisfatório para o seu negócio é muito mais dispendioso e muito mais incerto do que pagar pelo seu tráfego.

O tráfego pago é a maneira mais garantida de trazer um volume de leads suficiente para que o seu negócio online seja bem-sucedido.

Oferta fraca

Nada assassina mais rapidamente um negócio online do que uma oferta fraca. E é o que você mais encontra na internet.

Não adianta ter tráfego, um bom serviço e uma landing page ótima se a sua oferta for ruim.

Se você não “derrubar o visitante da cadeira”, você simplesmente não vai ser bem-sucedido com seu negócio online.

Você tem que pensar em todas as objeções que um cliente em potencial pode ter ao estar diante da sua oferta, as principais são essas que peguei emprestado do Blog do Neil Patel:

  1. “Não tenho dinheiro”
  2. “Preciso de tempo para pensar”
  3. “Não sei se a diretoria aprova a ideia”
  4. “Seu concorrente tem um preço menor”
  5. “Estou satisfeito com o serviço/produto que utilizo”
  6. “Desculpe, mas estou sem tempo”
  7. “Na verdade, eu já tenho esse produto”
  8. “Eu não preciso disso”
  9. “Não conheço sua empresa”
  10.  “Achei muito caro”
  11. “Gostei da solução, mas vou deixar para outro momento”
  12. “Será que eu consigo os mesmos resultados?”
  13. “Não é algo do qual eu precise”
  14. “Vamos deixar para outro momento?”
  15. “Envie por e-mail e vou analisar”

Elas são bastante auto explicativas, minha dica aqui é criar um plano de contingência e já se preparar para responder a estas peguntas antes mesmo de serem feitas.

Coloque as respostas como uma FAQ (Frequently Asked Questions ou Perguntas frequentes) na landing page do seu negócio online.

A cura para uma oferta fraca é…

Uma oferta forte, óbvio! (risos)

Seja ousado e crie uma oferta que vai aterrorizar a concorrência e vai quebrar a barreira da primeira compra. Deixe para ter lucro nas vendas subsequentes, a primeira venda é sempre a mais difícil.

Depois do seu cliente em potencial abra a carteira, vai ficar mais fácil fazer vendas subsequentes para ele no futuro.

Execução ruim

Não tem como eu cobrir esse assunto em detalhes… eu precisaria de muitas e muitas páginas, então vou te dar  a dica de ouro para que o seu negócio online faça parte dos 3% que fazem sucesso:

O bem feito é melhor que o perfeito, mas o ruim te arruína.

O final da frase foi uma adaptação minha, estou muito criativo (e engraçado) hoje!

Mas brincadeiras a parte… ter um negócio online depende de muitas peças móveis e é realmente difícil ter controle total sobre todas elas.

Vai ficar sempre algo para melhorar… é inevitável. Aprenda a viver com isso. Dê sempre preferencia para lançar e cumprir seus prazos.

Mas evite ao máximo colocar lixo na internet… ela já está lotada disso.

Um texto mal redigido e com erros ortográficos, um formulário de contato que não funciona, uma página que fica muito tempo fora do ar, aquele anúncio que derrete sua verba por estar com o público mal definido…

Isso é o câncer responsável pelos 97% das causas de óbito de um negócio online.

Minha dica aqui é a seguinte:

Se puder terceirize com quem é bom no assunto

Foque no que você é bom, e delegue tudo o que for crítico para a sobrevivência do seu negócio online e que fuja da sua área de conhecimento.

Falta de Consistência

Outro erro muito frequente é a falta de consistência. Muitos empreendedores iniciam um negócio online totalmente empolgados e apaixonados com a ideia de redefinirem seus mercados.

Alguns meses se passam e todo aquele gás acaba… as metas deixam de ser cumpridas, os artigos novos param de ser escritos, redes sociais são abandonadas e anúncios são pausados.

Tudo porque não existiu ROI (retorno sobre o investimento) nos primeiros 30 ou 60 dias.

As pessoas se encantam muito com o mercado digital pelas promessas de fama e dinheiro rápido. Embora isso realmente aconteça em alguns raros casos, uma corrida de curta distância raramente é a melhor estratégia para criar um negócio online de sucesso.

Uma estratégia de SEO leva uma média de 12 meses para dar os primeiros resultados.

O algoritmo do Instagram vai começar a direcionar tráfego orgânico para uma conta após meses de postagens frequentes.

A inteligência artificial que roda os sistemas de anúncios do Google Ads e Facebook Ads (Agora chamado de Meta Ads se não me engano) precisa de dados quantitativos para funcionar.

Quanto mais tempo uma campanha rodar, mais dados essas plataformas tem disponíveis para entregar os anúncios para os públicos corretos.

Ter um negócio online é um aprendizado. Você não se forma na faculdade em 2 meses, então porque as pessoas sismam em querer resultados imediatos quando elas não tem a menor ideia do que estão fazendo?

Então prepare-se para a longa distância, planeje com uma janela de retorno de 12 meses e projete uma reserva de caixa para o mesmo período. Se você fizer seu dever de casa, tenho certeza de que vai conseguir levar seu negócio online para onde você planeja! 

Conclusão

Fazer seu negócio online fazer parte dos 3% bem sucedidos é uma tarefa árdua, mas totalmente viável.

O segredo é ter um mindset empreendedor em relação à sua presença online.

Se você entende que a sua presença digital é como uma filial da sua empresa física, fica muito mais fácil entender que você vai precisar de muito mais recursos do que um simples websites.

Algumas dicas que acredito que vão te ajudar:

  1. Crie um plano estratégico para o seu negócio online
  2. Invista inicialmente apenas no que vai aumentar suas vendas, deixe as melhorias operacionais para um segundo momento
  3. Calcule a quantidade de tráfego necessária para alcançar seus objetivos financeiros. Nós criamos uma calculadora interativa que você pode acessar nesse link.
  4. Contrate uma consultoria especializada para te ajudar a formatar sua presença online, nós podemos ajudar.
  5. Crie ofertas poderosas, leia como neste artigo.

Espero que esse artigo tenha te ajudado, se você precisar de uma ajudinha profissional, aproveite e agende agora uma consultoria estratégica gratuita com a nossa equipe!

sessão estratégica grátis

Agende sua sessão estratégia 100% gratuita, vamos conversar sobre seu negócio e quais estratégias você pode implementar para aumentar suas vendas e seu lucro de forma previsível.

Renato Nabinger

Renato Nabinger

Empresário e consultor de negócios, especializado em auditoria de marketing digital. Ao longo dos seus 20 anos de carreira, acompanhou mais de 1250 empresas na implementação de suas estratégias digitais.
Quer receber nossas notificações? Seja o primeiro a acessar nossas novas estratégias Não Sim

Pin It on Pinterest

Share This