Cold email: Como faturamos R$256.000 com essa estratégia

por | Última atualização em 01/04/2022 | email marketing, marketing digital

4.9/5 - (24 votos)

Você tem uma oferta fantástica e uma lista de clientes em potencial que você sabe vai adorar o que você tem a oferecer.

Agora, você precisa de uma ótima sequência de cold email, ou email frio, que irá quebrar o gelo, lidar com suas objeções e começar a criar um relacionamento.

Antes de tudo, é importante esclarecer que cold email não é spam! Existe uma grande diferença entre enviar um email vendendo um produto não solicitado e iniciar um relacionamento.

Principalmente em na venda entre empresas (B2B), nem sempre temos a possibilidade de criar campanhas de anúncios ou buscar uma indicação e o que nos sobra geralmente é o telefone e o email.

Nesse artigo você terá toda a munição necessária para criar sequências de cold email matadoras que vão te ajudar a conquistar novos clientes para o seu negócio.

Índice: 

  1. Por que você não deve parar apenas em um único cold email
  2. O que faz uma ótima sequência de cold email
  3. Como criar uma sequência de cold email matadora
  4. Um bom exemplo de estrutura de sequência de cold email
  5. Como escrever cold emails de entrega de valor
  6. 14 Exemplos de sequências de cold email para você usar no seu negócio
  7. Resumo
Cold Email

Por que você não deve parar apenas em um único cold email

Interromper seu lead frio com um email é como colocar apenas um pé na sala e fechar a porta. A chave é ser firme e fazer todos os esforços para manter contato constante com ele após o email inicial.

Dados do The Brevet Group  mostram que 80% das vendas exigem cinco ligações de acompanhamento após a reunião.

No cold emailing não é diferente. Você precisa enviar emails de acompanhamento após o primeiro contato.

Veja esse caso:

Nós mesmos costumávamos captar clientes apenas com anúncios ou por indicações. Mas recentemente faturamos R$ 256.000 com uma sequência de cold email de 30 dias.

Veja como fizemos isso.

Primeiro, usamos o “Alertas do Google” para encontrar médicos e cirurgiões bem-sucedidos mencionados nas notícias e, em seguida, enviamos um email de felicitações.

Fazer isso foi um ótimo quebra-gelo e um primeiro contato altamente eficiente.

Exemplo da sequência de cold email

“Dr. {{Primeiro Nome}}

Como trabalhamos muito no segmento de medicina,

eu costumo seguir as notícias do setor. Recentemente eu li que você {{citar conquista do lead}}, meus parabéns!

Aproveitei para visitar seu site e no seu perfil no Instagram, e reparei que existem alguns pontos de melhoria que iriam alavancar muito os seus resultados.

Posso te enviar algumas dicas por vídeo? É um vídeo curto em que eu te apresento algumas ideias e como você mesmo pode implementar essas melhorias.

É nossa forma de mostrar nosso trabalho e não tem nenhum compromisso ou obrigação da sua parte.

Fazemos isso porque algumas pessoas ficam impressionadas e acabam nos contratando para trabalhar com elas.

Só me responder com um “sim” que ainda essa semana eu te envio o link do vídeo.

Grato pela atenção e mais uma vez, parabéns!

Se o lead responder com um sim, enviamos um vídeo rápido de 5 minutos, criado no Loom.

Nesse vídeo, fazemos uma análise breve das ações de marketing do cliente e traz uma dica de melhoria que o próprio médico pode fazer.

O link vem no segundo template de email:

“Dr. {{Primeiro Nome}},

Como havíamos combinado, segue o link do vídeo de cerca de 5 minutos onde realizamos uma auditoria rápida do seu marketing e identificamos uma coisa que você mesmo pode melhorar e que vai te garantir uma melhora de desempenho.

Basta clicar no link {{link do video}} e assistir.

Se você gostar e quiser falar conosco, além da melhoria que indico no vídeo, tenho mais 4 ideias que posso te explicar melhor por telefone.

Segue o link do nosso calendário {{link}} para agendarmos um horário e um dia para nossa conversa.

Tenha uma boa semana!

{{Nome do responsável pela conta}}”

Caso o lead não responda ou não abra o primeiro email, nós continuamos com uma sequência de acompanhamento com conteúdo útil personalizado para aumentar o interesse e permanecer em suas mentes.

Geralmente mandamos apenas 3 antes de interromper as tentativas de contato com o lead, isso diminui as chances de queimarmos pontes ao irritar o destinatário.

Em todos os emails também incluímos um link de “não me envie mais emails”, que exclui a pessoa da lista de envio a qualquer momento.

O que faz uma ótima sequência de cold email

O primeiro objetivo de qualquer campanha de email marketing (seja fria ou quente) é construir um relacionamento com seu público. E, como tal, o primeiro email em sua sequência de emails frios é quebrar o gelo entre você e seus clientes em potencial (ou seja, construir um relacionamento).

Então você deve embarcar em uma jornada para nutrir o lead com vários emails que ajudam a convertê-lo em cliente.

Veja como saber quando você tem uma sequência sólida de cold email.

Nutrição

Ao prospectar, o objetivo não é chegar à caixa de entrada de seus clientes em potencial com suas ofertas de serviço desde o primeiro email.

Independentemente de quão atraente seja sua oferta, ela não fará com que eles tomem qualquer decisão logo de cara, muito menos que paguem por ela.

A ideia de uma sequência de cold email é fornecer aos seus prospects informações passo a passo sobre um produto ou serviço que eles não conheciam.

Geralmente, os clientes em potencial nem sabem quem você é. Ou eles podem estar interessados ​​no que você está vendendo, mas não estão prontos para decidir agora.

“Grande parte da sua audiência não está pronta para comprar. O Objetivo do marketing é ser a primeira opção de escolha quando ela estiver pronta”

Aqui é onde uma sequência de cold email ganha vida própria. Ao contrário de um simples cold email seguido (talvez) de um acompanhamento, a sequência de cold email permite que você alimente o cliente em potencial com todas as informações necessárias para levá-lo do estágio de desconhecimento até o estágio de solução e, finalmente, para a compra.

Em outras palavras, a sequência de cold email ajuda você a construir uma escada até a compra que permite alimentar seus clientes em potencial com as informações de que eles precisarão durante todo o processo.

Essa estratégia permite que você crie confiança com seus clientes em potencial enquanto os acompanha e os move ao longo do funil de vendas.

E o mais interessante, esse processo permite que você crie um relacionamento inestimável que cria fidelidade e confiança à sua marca ao longo do tempo.

Engajamento

Muitas pessoas enviam cold email sob o pretexto de serem diretos e economizarem o tempo dos leads.

Essa é uma estratégia terrível que só servirá para acabar com a reputação do seu domínio. Domínios com baixa reputação de envio quase sempre tem seus emails enviados diretamente para caixa de spam e até mesmo são banidos.

É chato, e a maioria das pessoas odeia. Aqui está um exemplo do que não se deve fazer:

“Oi {{Primeiro nome}},

Estou entrando em contato para te avisar sobre a nossa oferta!

Nosso teste gratuito de 30 dias vai acabar no final do mês. Temos muitos cases de sucesso de empresas que iniciaram com esse trial e gostaria de saber se você quer testar.

Em caso positivo, agende uma reunião conosco nesse {{ link }} antes do final do mês.
Atenciosamente,
{{nome do vendedor}}”

O objetivo principal do cold email não é vender, mas estabelecer um relacionamento.

As sequências de cold email mais bem-sucedidas fazem isso através do relacionamento (engajamento) que constroem com os clientes em potencial.

Uma excelente sequência de cold email alimenta os clientes em potencial com conteúdo valioso que cria uma conexão e os educa antes de pedir que comprem.

Isso cria interesse para os clientes em potencial e mantém seu negócio em mente.

Estruturação

Há muitas etapas para converter um prospect em um cliente.

Especialmente com uma sequência de cold email, você precisará de um certo número de emails espaçados em um determinado período. Na ordem específica, as diferentes etapas da jornada do comprador seguem umas às outras.

Portanto, uma sequência de cold email exige que você construa uma sequência de acompanhamento com uma estrutura bem pensada e simplificada para fornecer informações aos seus clientes em potencial e classificar seu conteúdo de email de acordo com seu objetivo final.

Dessa forma, você cria e organiza seus emails frios de forma planejada.

Isso facilita o acompanhamento de seus clientes em potencial pelas etapas da jornada de compra em sua arquitetura de email.

Como criar uma sequência de cold email matadora

Agora que você já sabe a importância de uma sequência de cold email e suas principais características, veja como criar uma.

Defina seu público-alvo

Se você começasse um negócio de hambúrguer vegetariano, você venderia o hambúrguer para vegetarianos ou para pessoas que comem carne?

Pergunta boba, eu sei.

Mas nesta pergunta lê a essência da sua campanha porque, como você pode ver, uma segmentação ruim pode afetar seriamente os resultados da sua campanha.

É muito fácil pensar “nosso alvo é FinTech” e assumir que as pessoas que você visa são as certas. Mas isso não vai funcionar.

É por isso que você tem que fazer isso da maneira certa.

Pergunte a si mesmo quais necessidades ou problemas seu produto/serviço resolve. Isso permite que você se lembre por que e para quem você construiu o produto em primeiro lugar.

Em seguida, pergunte-se se essas pessoas atendem aos requisitos necessários para tirar proveito do seu serviço/produto.

Eles são geograficamente, financeiramente e logisticamente elegíveis?

Por exemplo, se você vende um produto que custa R$15.000 por mês e deve ser usado por empresas com 50.000 a 200.000 funcionários, você já sabe que precisa segmentar clientes corporativos e não pequenas empresas.

Por último, mas não menos importante, determine se as pessoas que você deseja atingir estão realmente procurando maneiras de resolver o problema que sua empresa resolve.

  • Eles estão usando outras alternativas ao seu produto/serviço?
  • Estarão relutantes em comprar um produto como o seu?

Essas últimas perguntas ajudarão você a situá-los na jornada do comprador e elaborar as mensagens de acordo. Isso nos leva ao próximo passo na criação de uma sequência de cold email matadora.

Amarre sua sequência à jornada do comprador

Se eu fosse escrever um livro chamado “Como estragar sua campanha de cold email”, o assunto principal seria que a maioria das pessoas envia emails sem considerar o estágio da jornada do comprador.

Na verdade, elaborar sua sequência em torno da jornada do comprador garante que sua mensagem esteja correta e tenha poder de conversão.

Aqui estão algumas perguntas que vão te ajudar:

  • Em primeiro lugar, as pessoas da lista estão cientes de seu problema?
  • Eles conhecem alguma solução existente?
  • Eles estão cientes do seu produto?
  • Se sim, eles estão prontos para comprar?
  • Eles têm alguma dúvida que os impede de dar o passo?

Dependendo das respostas a essas perguntas, você saberá se seu alvo:

  1. Não está ciente
  2. Ciente da dor
  3. Ciente da solução
  4. Ciente da sua oferta

Quando você descobrir em qual estágio da jornada do comprador seu alvo está, tente determinar o gradiente.

Por exemplo, se eles estão cientes da solução, eles estão nos níveis mais baixo, médio ou alto? Se estiverem no nível mais baixo, significa que um contato não é suficiente para passar do estágio de solução para o estágio de produto.

Estruture a maneira como você apresenta sua oferta

Agora que você tem uma sequência que considera os estágios da jornada do comprador, é hora de pensar em quando e qual oferta apresentar para a melhor chance de sucesso.

Se sua lista é segmentada e algumas pessoas estão em um estágio diferente da jornada do comprador do que outras, você precisa pensar duas vezes antes de introduzir uma oferta em sua sequência de cold email.

Pense nisso:

João, que está mais atento a soluções, não deve receber a mesma oferta que Marcelo, que é totalmente inconsciente.

Assim, por exemplo, se o resultado é que você consegue que João e Marcelo assinem seu software, você deve adaptar sua oferta ao estágio da jornada a que pertencem.

João, que já está ciente da solução, tem maior probabilidade de aceitar uma oferta como 30% de desconto ou uma avaliação gratuita.

Por outro lado, Marcelo, que ainda não está ciente do problema, precisa de mais informações sobre a extensão do problema, as soluções internas e externas disponíveis para ela, etc. Portanto, uma oferta como 30% de desconto seria inadequada.

Para ter sucesso em sua campanha, você precisa tratar os membros de cada um de seus segmentos de maneira diferente, pois eles não estão no mesmo estágio do ciclo do comprador.

Um bom exemplo de estrutura de sequência de cold email

Agora vou te apresentar uma sequência de cold email fácil de configurar, eficiente e escalável.

Ela roda em 2 semanas e dá uma taxa de sucesso média de 22% tanto na Xequemate quanto em nossos clientes.

Ela inclui 5 etapas:

Um email frio de abertura

Sem entrar muito em detalhes sobre como escrever um email frio, mantenha-o curto e inclua os seguintes elementos:

  • Agarre a atenção
  • Explique por que você está entrando em contato com eles
  • Declare o que está nele para eles
  • Explique por que eles devem confiar em você
  • Use um call to action única e clara

Mantenha um tom de conversa, personalize seu conteúdo, agregue valor e expresse claramente o que você deseja.

Dica: é sempre bom aquecer um destinatário de email frio com uma solicitação de contato personalizada do LinkedIn.

Um lembrete gentil, mas firme (2-3 dias após o email inicial)

Os emails tendem a ser esquecidos; seu cliente em potencial pode estar ocupado, sem bom humor para responder ou simplesmente ausente do escritório por alguns dias. Você ficaria surpreso com o poder de um simples lembrete.

Não se repita, no entanto. Continue no mesmo tópico e simplesmente pergunte se eles viram seu email anterior, se eles tiveram a chance de pensar sobre sua oferta, etc.

Um email de entrega de valor (3-4 dias após o email anterior)

Veja no próximo tópico

Um segundo email de entrega de valor (3-4 dias após o email anterior)

Veja no próximo tópico

Um email de término (4-5 dias após o email anterior)

Estou prestes a lhe contar um segredo. Sério, essa é a fórmula para um email de término que recebe uma resposta.

Você sabe como ninguém quer perder, e a maioria das pessoas quer ajudar. E também como algumas pessoas simplesmente precisam de um segundo lembrete?

Há uma única frase que resume tudo isso. Aqui está:

“O que poderia ter feito você mudar de ideia?”

Tente usar isso como sua linha de assunto (ou como parte de sua linha de assunto) e pergunte no corpo do texto se eles podem apontar algumas coisas que podem ter influenciado sua decisão.

Por que é tão poderoso? Isso faz o leitor pensar sobre sua oferta e as razões pelas quais eles não lhe dariam uma resposta. E de repente, quando eles digitam esses motivos, eles não parecem mais tão convincentes.

Como escrever cold emails de entrega de valor

Existem cinco maneiras principais de tornar seus emails incrivelmente valiosos e ajudar seu cliente em potencial a tomar uma ação que impulsionará o processo de vendas.

Estudos de caso

Os estudos de caso são poderosos porque mostram como um de seus clientes resolveu um problema específico com sucesso e com resultados mensuráveis.

Neil Patel, um dos maiores especialistas em Marketing Digital da atualidade, conseguiu aumentar suas vendas em 70% ao incluir estudos de caso em seus emails!

Eles permitem que você chame a atenção, demonstre valor, mostre diferenciação e mitigue os riscos.

Histórias de sucesso

Histórias de sucesso são sobre resumir a experiência bem-sucedida de um cliente com sua empresa, apenas o suficiente para despertar o interesse.

Ao contrário dos estudos de caso, que se concentram nos métodos implementados para tornar essa experiência bem-sucedida.

Objeções são histórias: eles são uma projeção do que pode dar errado ou não funcionar.

Como diz Shawn Callahan: “Você não pode vencer uma história com fatos, só pode vencê-la com uma história melhor”.

Se você puder antecipar os motivos da relutância do seu cliente em potencial, traga histórias que lidem com esses motivos. Tenha em mente que os fatos por si só geralmente não são suficientes ao lidar com objeções.

Depoimentos

Desta vez, não é você que está contando a história – é o seu cliente satisfeito. E isso pode ter um impacto tremendo.

Depoimentos colocados em sua página inicial, páginas de destino de guest post e email marketing ajudaram a aumentar as conversões em 15%.

Eles permitem que você crie confiança, venda sem vender e supere o ceticismo.

Referências

Segundo Joanne Black da Sales Force, as indicações podem ajudar a fechar novos clientes/clientes em pelo menos 50% das vezes! Isso significa mais novos negócios com menos leads.

As melhores referências começam com uma apresentação de alguém que seu prospect conhece, confia e respeita.

As referências te colocam à frente da concorrência e atribuem a você parta da credibilidade de quem te indicou.

Conteúdo relevante

Se você não tiver dados de clientes para compartilhar – ou nenhum que seja relevante para seu cliente em potencial – você ainda pode oferecer valor incluindo um conteúdo valioso.

É fácil e oferece a oportunidade de provar que você dedicou um tempo para entender o desafio de um cliente em potencial e encontrar algo que possa ajudá-lo a resolvê-lo sem necessariamente incluir seu produto no processo.

14 Exemplos de sequências de cold email para você usar no seu negócio

1. Vincule seus emails de vendas B2B a um evento recente

Assunto: Parabéns!

“Olá {{name}},

Acabei de ver as notícias sobre {{evento}}. Parabéns!

Normalmente quando isso acontece, {{proposta de valor}} se torna uma prioridade. Então, achei que você poderia estar interessado em saber como ajudamos {{empresa similar}} {{benefício}}.

Eu sei que as coisas na {{nome da empresa}} devem estar loucas agora, mas se você quiser saber mais, vamos marcar uma ligação rápida.

Como {{dia e hora}} estão na sua agenda? Alternativamente, aqui está um link para o meu calendário ou sinta-se à vontade para me enviar o seu.”

Essa abordagem é vencedora porque mostra que você não está enviando uma campanha de email em massa para todas as empresas-alvo que podem ter uma pequena chance de se interessar pelo seu produto. Em vez disso, você notou algo que seu cliente ideal alcançou especificamente e combinou isso com seu produto.

2. AIDA

Esta é uma fórmula clássica de copywriting que pode ser facilmente aplicada à sua campanha de cold email.

AIDA significa Atenção Interesse Desejo Ação e descreve as etapas a serem incluídas no corpo principal do seu email: chame a atenção deles, descreva por que deve interessá-los, criar desejo, mostrar-lhes como agir e obter o benefício que você delineou.

Assunto: Software de economia de tempo

“Olá {{nome}},

O que você faria com 10 horas extras por semana?

Pergunto porque clientes como você viram economias como essas – se não mais – após adicionar nosso software às suas ferramentas de trabalho.

Eu adoraria marcar um horário para orientá-lo em uma demonstração personalizada. Você teria algum tempo livre na próxima semana para se conectar?”

3. Seja o mais direto possível

Assunto: tração 10x {{nome da empresa}} em 10 minutos

“Olá {{nome}},

Tenho uma ideia que posso explicar em 10 minutos que pode atrair a {{nome da empresa}} seus próximos 100 melhores clientes.

Recentemente, usei essa ideia para ajudar nosso cliente {{nome do cliente}} a quase triplicar sua taxa de execução mensal.

{{Name}}, vamos agendar uma ligação rápida de 10 minutos para eu poder compartilhar a ideia com você. Quando funciona melhor para você?”

Esse modelo de cold email gerou uma taxa de abertura de 57% e uma taxa de resposta de 21%, porque:

A linha de assunto do email destaca uma proposta atraente, mas deixa o suficiente para a imaginação do destinatário abrir o email e saber mais.

O corpo do email descreve rapidamente o que o remetente pode oferecer ao cliente em potencial (100 novos clientes) e o que eles precisam deles (10 minutos do seu tempo).
Ele usa a prova social como evidência de como essa proposição funcionou para outras pessoas.

4. Modelo de 3 frases

Como o nome indica, este modelo adota uma abordagem menos é mais (para considerar os clientes em potencial ocupados) e oferece uma excelente taxa de resposta.

Você não precisa literalmente reduzir sua mensagem para apenas três frases, sua introdução, descrição, sua pergunta – mas você deve tentar mantê-la o mais próximo possível desse número. (Além disso, emails mais curtos funcionam bem em dispositivos móveis e, obviamente, estão ficando cada vez mais populares.)

“Olá {{nome}},

Meu nome é {{seu nome}}, e vou ser rápido.

Sou o fundador de uma ferramenta de software que economiza até 10 horas por semana para executivos ocupados como você.

Eu poderia ter dez minutos do seu tempo na próxima semana para uma demonstração personalizada que deixará claro por que empreendedores como {{listar nome dos 3 principais clientes}} amam nosso produto?”

5. Peça uma apresentação no LinkedIn

“Olá {{nome}},

Eu queria ser apresentado a {{pessoa com quem você está tentando se conectar}} da {{empresa dessa pessoa}} e vi que você esta conectado a eles no LinkedIn.

Não tenho certeza de quão bem você está conectado a eles, mas se o relacionamento for próximo, eu realmente gostaria de uma introdução para conversar sobre como eles podem trabalhar com {{sua empresa}}.

Por favor, deixe-me saber se você se sente à vontade para fazer isso e eu encaminharei uma solicitação adequada para a apresentação que você pode encaminhar para eles.”

Não vejo essa abordagem usada com frequência, mas sabemos que obter uma resposta positiva de um cliente em potencial é mais fácil se uma conexão mútua o apresentar.

6. Ponte Antes Depois

A essência é fazer o lead imaginar sua vida após usar seu produto ou serviço. Simples mas efetivo. A ideia é pintar um quadro da vida antes da sua solução e outro depois e explicar como passar de uma para a outra.

“Olá {{nome}},

Se você é como a maioria dos executivos, sabe como pode ser frustrante ter seu tempo desperdiçado.

Nosso software muda isso, liberando até 10 horas por semana para clientes como {{listar 3 clientes}}.

Se você estiver disposto a me dar apenas dez minutos do seu tempo, mostrarei como você pode conseguir o mesmo com nossa plataforma inovadora. Qual é o melhor momento para se conectar na próxima semana para uma demonstração personalizada?”

7. Mencione o produto de um concorrente

“Olá {{nome}},

Acabei de acessar seu site e notei que você usa o {{produto concorrente}}.

Como é a sua experiência? Eu tenho um produto semelhante.

É como {{produto do seu concorrente}}, apenas {{diferencial chave}}. Se você estiver disposto, adoraria fazer uma ligação rápida com você e ouvir sua opinião sobre como podemos melhorar a {{nome da empresa}} (e ver se faria sentido trabalharmos juntos).

{{data e hora}} seria uma boa hora para você? (Se não, eu sou flexível, apenas me informe um dia bom para você).”

Essa abordagem visa clientes em potencial que estão usando um produto semelhante ao seu, o que significa que você pode presumir com segurança que eles podem estar interessados ​​em usar seu produto.

Tudo o que você precisa fazer é destacar a proposta única de valor do seu produto para mostrar por que é uma escolha melhor para os clientes em potencial do que os produtos que eles estão usando no momento.

8. Problema – Agitação – Solução(PAS)

Obstáculos e desafios são frustrantes, irritantes e muitas vezes caros. Este modelo aproveita isso para destacar os pontos problemáticos do seu cliente em potencial.

Ele destaca o problema enfrentado, agita e enfatiza a dor e, em seguida, oferece uma solução.

“Olá {{nome}},

Quando foi a última vez que você terminou tudo em sua lista de tarefas diárias?

Se você é como a maioria dos executivos ocupados, está constantemente lutando para ficar por dentro de tudo – muito menos para ser o líder eficaz que você precisa ser.

Nosso software ajuda empreendedores motivados como {{listar 3 clientes importantes}} a economizar até dez horas por semana que podem ser direcionadas de volta às suas principais prioridades.

Eu adoraria dar-lhe uma demonstração personalizada. Quando você está livre na próxima semana?”

9. Quando você não tem certeza se está enviando um email para a pessoa certa

“Olá {{nome}},

Sou {{seu nome}} e lidero os esforços de desenvolvimento de negócios em {{sua empresa}}. Recentemente, lançamos uma nova solução que {{descrever brevemente a solução}}.

Com base em seu perfil on-line {{mencionar link do perfil}}, parece que você pode ser a pessoa certa ou, pelo menos, poderia me indicar a pessoa certa para falar sobre {{problema resolvido pelo seu produto}}.

Gostaria de falar com alguém da {{empresa}} responsável por {{departamento alvo da compra do seu produto}}.

Se for você, estaria disponível para uma ligação de 10 minutos em {{hora e data}} para discutir como a {{solução}} pode ajudar sua empresa? Se não for você, você pode gentilmente me indicar a pessoa apropriada?

Obrigado pela ajuda!”

Imagino que, como eu, você receba toneladas de emails que pedem que aponte o remetente na direção certa da pessoa mais relevante. Aposto também que você raramente responde.

Isso ocorre porque esses emails raramente dão a você um motivo para ajudar o remetente. O exemplo acima contraria essa tendência. Isso demonstra que você pelo menos pesquisou um pouco sobre quem está entrando em contato e combinou seu produto com o modelo de negócios – você não tem 100% de certeza se a pessoa para quem está entrando em contato é a melhor pessoa para lidar. E as pessoas ocupadas apreciarão a cortesia.

10. Elogio, Imagem e Ação

Um pouco de elogio sincero nunca é demais, especialmente se você puder usá-lo para reforçar o quanto os destinatários podem alcançar com sua solução.

Comece com um elogio genuíno sobre uma conquista ou realização recente, pinte uma imagem cor-de-rosa de tudo o que eles poderiam alcançar regularmente com seu produto e, em seguida, incentive-os e obrigue-os a agir.

“Olá {{nome}},

Parabéns! Acabei de ver que você foi escolhido como palestrante da conferência {{nome da conferência}} no próximo mês.

Enquanto você se prepara para sua apresentação, é natural ficar para trás em outras tarefas. Se você está com dificuldades com isso, adoraria mostrar como nosso software pode ajudá-lo a recuperar dez horas ou mais por semana.

Posso ter dez minutos do seu tempo na próxima semana para lhe dar uma demonstração personalizada?”

11. e 12. Quando você sabe que alguém esteve em seu site

“Olá {{nome}},

Você visitou recentemente nosso site e acessou nosso artigo {{nome do artigo}}.

Se você estiver interessado em {{tópico abordado no artigo}}, posso recomendar os seguintes recursos adicionais:

{{recursos relevantes 1}}
{{recursos relevantes 2}}

Nossa empresa também oferece {{produto/serviço}} que pode ajudar você a {{alcançar este resultado ou estatística específica}}.

Você está livre para uma ligação amanhã às {{horário}} para discutir mais sobre isso?”

Este não é direcionado a um lead totalmente frio, pois a lista de clientes em potencial concluiu uma ação em seu site, resultando na captura de seus endereços de email.

No entanto, como não há nenhuma indicação de que eles estão realmente interessados ​​em falar ou comprar de você, é perto o suficiente de um lead frio.

Também é algo que você deve aproveitar quando surgir a oportunidade. Não adicione clientes em potencial que chegam pelo seu site a uma lista de email em massa — envie-lhes um email personalizado que reconheça as ações que eles realizaram em seu site, como no modelo acima.

Não ficou muito seguro com esse modelo de cold email? Aqui está uma alternativa semelhante:

“Olá {{nome}},

Obrigado por {{realizar esta ação}} em nosso site. Você está procurando uma maneira econômica de {{atingir este resultado relevante para o tópico do conteúdo}}?

Fiz algumas pesquisas sobre {{empresa do lead}} e posso oferecer alguns conselhos sobre {{area 1}} e {{area 2}}.

Você tem tempo para uma ligação amanhã às {{horário}} para discutir uma solução para sua empresa?”

13. Compartilhe um recurso valioso

Primeiro, você quer ser visto como um ativo para seus destinatários. Você deseja fornecer valor a eles sempre que eles optarem por abrir um de seus emails.

Uma das maneiras mais rápidas de fazer isso é compartilhar recursos valiosos e altamente relevantes com eles.

Encontre um conteúdo altamente relevante, como uma postagem no LinkedIn ou uma postagem no blog, e compartilhe com eles. É difícil ficar bravo por receber conteúdo relevante, mesmo em emails não solicitados. Se for um post incrível, vá em frente.

Apenas se certifique de estabelecer confiança antes de compartilhar uma URL de artigo, pois isso pode acionar o filtro de spam.

Assunto: Achei que você poderia gostar deste artigo

“Olá {{nome}},

Seu último artigo sobre {{assunto}} me fez pensar.

Encontrei este artigo em {{titulo do artigo}} que pode ser benéfico para você e sua equipe.

Aqui está o link para conferir – {{link}}

Espero que você ache útil. Continue com o ótimo trabalho.”

14. Balance o barco

É fácil cair em rotinas familiares. É possível que seu público-alvo esteja feliz fazendo as coisas do jeito que estão fazendo.

Isso não é necessariamente uma coisa ruim, mas às vezes nos impede de ver ou explorar maneiras novas e potencialmente melhores de fazer as coisas.

Um desafio oportuno ao status quo pode produzir grandes resultados.

Ninguém tem tempo para ficar por dentro de todas as tendências, desenvolvimentos, ferramentas e truques em seu setor. Então faça isso por eles. Encontre uma nova ferramenta ou produto sobre o qual eles ainda não tenham ouvido falar e compartilhe com eles.

“Olá {{nome}},

Meu nome é {{seu nome}} da {{nome da empresa}}.

Ajudamos executivos ocupados a liberar tempo para prioridades mais altas.

Eu queria saber quais ferramentas de produtividade você está usando atualmente e mostrar no que estamos trabalhando.

Você está disponível para uma breve ligação na próxima semana?”

Por fim, lembre-se de que um modelo de email é um ponto de partida. Não é um produto acabado, mas fornece um bom ponto de partida.

Experimente estes 14 para ver o que funciona e o que é relevante para você e seu público.

Resumo

O sucesso de um cold email depende de seu conteúdo, mas uma boa sequência garantirá resultados muito melhores.

Portanto, lembre-se dessas 3 coisas ao criar uma sequência de email frio:

1. Sempre faça sua pesquisa e defina quem você quer atingir. Em seguida, determine em que estágio da jornada do comprador eles estão.

2. Construa uma sequência que se encaixe no ciclo da jornada do comprador e não hesite em adicionar quantas etapas precisar para que seu público chegue ao estágio de decisão de compra.

3. Sempre pense no tipo de oferta que você pode apresentar para obter o máximo de resultados. Lembre-se, o objetivo principal de um cold email não é vender, mas estabelecer contato.

Criar estratégias de social selling e de prospecção fria com cold email podem parecer intimidantes no início, mas paciência, testes e prática permitirão que você comece a se sentir mais confiante para fechar negócios.

Você pode contar com a Xequemate para alavancar seus resultados e eliminar as incertezas em todo esse processo. Somos uma agência com mais de 20 anos de mercado e já atendemos a mais de 1250 negócios em praticamente todos os setores e nichos de mercado.

Agende uma sessão estratégica gratuita de 30 minutos para conversarmos sobre como implementar essas estratégias no seu negócio.

sessão estratégica grátis

Agende sua sessão estratégia 100% gratuita, vamos conversar sobre seu negócio e quais estratégias você pode implementar para aumentar suas vendas e seu lucro de forma previsível.

Renato Nabinger

Renato Nabinger

Empresário e consultor de negócios, especializado em auditoria de marketing digital. Ao longo dos seus 20 anos de carreira, acompanhou mais de 1250 empresas na implementação de suas estratégias digitais.
Quer receber nossas notificações? Seja o primeiro a acessar nossas novas estratégias Não Sim

Pin It on Pinterest

Share This